18 janeiro 2010

Novas Vivências, Velhos Fantasmas
para Carol Lemos,Maysa Mundim,Deborah Bapt, Morena Cattoni, Rodolfo Lima.


PARA SER LIDO IMAGINANDO UMA LINDA MULHER, DE TRAÇOS FINOS E FORTES, NEGROS CABELOS CURTOS SEGURANDO UMA TAÇA DE VINHO E UM CIGARRO ACESO.

AFF! Como sou estúpida, caindo mais uma vez nessa armadilha!! Apaixonei-me. Outra vez.
O problema em si não é essa coisa da paixão e tal, não! É mais uma vez essa via de mão única, essa passagem só de ida, esse dar-se unilateral.
Sim, sim! To tentando segurar minha onda. Óbvio que houve alguma resposta, algum indício de um mínimo de interesse, por que você me conhece, se não num rolava.
Mas começo a sentir aquela coisa crescendo, se espalhando por dentro de mim, vontades. Aquelas pequenas obsessões, todas aquelas coisas que havia me prometido. Não Mais.
Mas a coisa ainda tênue, branda, o melhor agora é encontrar uma maneira de curti-la, mudar resposta aos impulsos, apreciá-los, vou curtir como uma coisa só minha, um prazer só meu. Tipo pequenos vícios, saca?
E me convencer a não criar expectativas e ser grata pelas pequenas surpresas que vem! Tarefa difícil.

Vou voltar pra minha taça de vinho, pro meu cigarro... E celebrar!

3 comentários:

Lian Tai disse...

Adoroooo!!!

Lian Tai disse...

Queridooo!! Vamos fundar uma comunidade alternativa em Goiânia? Vamooos!!! Eeeeehhh!! A gente pode viver só inventando moda, à la Sophie Calle, o que acha? Saudades, saudades!

Julliana Costa disse...

Adoreiii!!!